Sábado, 17 de Janeiro de 2009

  

   Um gajo quando anda de autocarro não fala com a pessoa do lado e e ninguém se chateia com isso agora se for de avião parece que se não falar está a ser mal educado. Existe até um sentimento de obrigação tal que se não falarmos com a pessoa do lado sentimo-nos tão mal que nem nos sentimos pessoas nem sequer seres vivos. É claro que há sempre maneira de dar a volta à situação, basta fingir que vamos a dormir, olha! que coisa mais simples! quantos e quantos de nós não fazemos isso? Eu confesso que por vezes fecho os olhos e pior, se aparecer uma velha daquelas que parece que não troca de roupa à duas semanas até ponho aquela venda para não ter que me chatear.

   O problema é que há sempre o momento da refeição (o catering ou lá o que é, também nunca percebi esta palavra, nem quero perceber já) e aí não há hipótese, tem de se falar, tem de se comentar com alguém aquele bocado de merda que nos meteram à frente, e quando é para comentar bocados de merda que nos meteram à frente ninguém tem dificuldade. E aí sim está aberta a conversa.

 

   Cheguei a Brno e semana passada e fui logo surpreendido com três trabalhos que não fazia ideia que tinha de os fazer até sexta, quer dizer, por acaso fazia ideia só que não sabia que eram três e até sexta. O que vale é o meu amigo e companheiro de turma Domien para me avivar a memória. Estive quatro dias com o pijama vestido o que para mim não é uma experiência nova mas é sempre interessante e dá boas conversas com as raparigas – olha, sabes quanto tempo tive sem tirar o pijama? Normalmente dizem três dias, o que parece é já de si um exagero e apenas aceite em caso de doença agora quatro é muita fruta, ficam doidas, loucas, Percebo agora porque é que os pijamas têm bolsos nas calças, por exemplo vamos lá abaixo á maquina buscar um refresco e metemos as moedas nos bolsos, dá jeito sim senhor, ou para levar um maço de tabaco para a cama para a empregada não roubar cigarros de manhã. Eu não fumo mas se começar a fumar entretanto, o que é capaz de acontecer brevemente simplesmente devido ao estilo, se vier a fumar é certinho que os levo comigo no bolso do pijama para o leito.

   O Alfonso, o espanhol aqui do lado quer-me parecer pelo estado da sua t-shirt branca a tender para o cinza que já não sai do quarto vai para seis sete dias, já mamou com os lost todos, o prison break todinho, e veio aqui à bocado dizer que os heroes estão a ser espectaculares.

Ele gosta muito de passar por aqui e ver o que é que um gajo está a fazer, não sei porquê mas deve ser por ele ainda fazer menos que nós, assim sempre vê alguém a trabalhar o que já é qualquer coisa.

 

   O Domien é um homem de trabalho, esforçado e resistente e fica admirado com a minha facilidade em resolver coisas tão simples como três trabalhos em três dias, coitado, quatro meses em Portugal resolvia-lhe este problema, mas atenção, à portuguesa, que consiste numa técnica ancestral de conseguir disfarçar uma coisa que nem sequer está feita. È a nossa técnica e resulta, temos é muitas das vezes mais trabalho a inventar técnicas para disfarçar o não trabalho, do que propriamente a faze-lo, mas isso já é outra história.

   Outra coisa interessante tem sido a minha alimentação nestes dias, ontem almocei dois pães mistos, lanchei dois pães mistos, entretanto antes de jantar comi meio pão misto e o meu jantar foi um pão misto e outro só com queijo porque já não havia mais fiambre, convém também dizer que antes de ir para a cama ainda comi mais um pão com queijo. Hoje o Domien foi ás compras e comprou pão e fiambre, almocei dois pães mistos e lanchei um pão misto e outro só com fiambre para desenjoar, quanto ao jantar não sei o que vai ser mas desconfio.

 

   È assim, isto do Erasmo também não é só curtir, também há muito pão com queijo para comer e muitas horas em frente a um ecrã, muitas vá...algumas, quase nada, já nem me lembro.

 



publicado por AntonioMarto às 22:22 | link do post

De Joana a 18 de Janeiro de 2009 às 19:13
Mas que raio, não percebo é pq é q só comem pão com queijo e fiambre! podem mandar vir pizzas, ou comprar refeições feitas, em que só precisam de descongelar, por ex! Homens!! Já que é para trabalhar forte e feio vamos também comer mal e cheirar mal! Está certo...


De AntonioMarto a 18 de Janeiro de 2009 às 21:37
Joana, tu não podes falar sem ter experimentado o pão o queijo e o fiambre daqui,que por acaso é só espectacular e enjoa zero.
Descongelar? só se for eu e o Domien a mandar bafo quente pra cima,o que me parece que pode levar algum tempo.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

Shparty

De bolso?

O que levamos.

Coisas que acontecem

Com uma sandes mista no b...

Feliz Natal amigo.

Até já

O titulo é este.

Let's party!

O macaco na coluna.

arquivos

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

links
blogs SAPO
Brno